Not support Recaptcha
Pular navegação

Práticas Pedagógicas

Os desafios do Ensino Remoto

27 de abril de 2021

Compartilhe

Tags

  • Desafios
  • Ensino digital
  • Ensino Remoto
  • Escola digital

Os desafios do Ensino Remoto

Ao longo do último ano, o Ensino Remoto passou a fazer parte do dia a dia da maioria das escolas brasileiras, seja através de videoaulas, ambientes virtuais ou plataformas de EAD. Essa transição para o ambiente digital trouxe grandes transformações para toda a comunidade escolar.

Professores passaram a ter acesso a ferramentas revolucionárias, que permitem um acompanhamento mais individualizado dos alunos, enquanto os estudantes começaram a ter muito mais protagonismo durante o processo de aprendizagem.

Ainda assim, como toda grande mudança, a transformação digital da educação também apresenta uma série de novos desafios para as escolas. Ao passo que professores, gestores e pais que tiveram de se familiarizar com novas tecnologias, mais autonomia nos estudos passou a ser exigida dos estudantes.

Apesar dos obstáculos enfrentados, professores têm se reinventado todos os dias para levar aos estudantes o conteúdo de forma interativa e interessante. Ao mesmo tempo, novas tecnologias educacionais surgem para ajudar professores a oferecer suporte e apoio aos estudantes remotamente.

Educando a família para o Ensino Remoto

Muito é falado como os jovens são nativos digitais e como eles têm facilidades de se adaptar a novas tecnologias. Apesar da desenvoltura com smartphones e aplicativos, ainda é necessário que haja acompanhamento da escola e da família para que os jovens utilizem as ferramentas escolares corretamente. 

Todavia, algumas famílias ainda têm dificuldade em utilizar essas tecnologias. Além disso, muitos pais estão trabalhando de casa ou não dispõem do tempo para acompanhar os estudos dos seus filhos. 

Assim, é importante pensar formas de manter um diálogo constante com os pais dos estudantes e ajudá-los a refletir sobre esse novo momento. Quando há apoio e suporte da escola, a família se sente mais comprometida a acompanhar os estudos. 

Para isso, é indispensável que a escola comunique de forma clara as metodologias e ferramentas que serão utilizadas ao longo do ano e esteja pronta para responder a dúvidas que possam surgir ao longo do caminho.

Oferecendo formação para os professores

É papel da escola não apenas disponibilizar ferramentas digitais, mas contribuir com a formação necessária dos professores para que eles possam realizar o melhor uso da tecnologia. A falta de capacitação é um dos principais desafios enfrentados pelos educadores. Por isso, as instituições de ensino também devem investir na formação do seu corpo docente.

No ambiente digital, o professor tem o importante papel de orientar os estudantes sobre onde colher informação, como tratá-la e como utilizá-la. Para utilizar os recursos disponíveis de forma significativa, a escola deve desenvolver junto desses educadores as competências necessárias para fazer a mediação entre o conhecimento e os estudantes.

É importante também que o professor enxergue a necessidade de adquirir novos conhecimentos, e cabe muito à escola incentivar a autoformação do corpo docente. O educador também precisa ter o espaço e a liberdade de colocar em prática o que aprendeu e multiplicar o seu conhecimento.

A dificuldade da avaliação no ambiente digital

Avaliações são fundamentais para acompanhamento da aprendizagem dos estudantes. Uma das grandes dificuldades do ensino remoto está o desafio de realizar a avaliação da aprendizagem de forma remota.

Provas não funcionam bem no ambiente digital, já que são muito suscetíveis a “colas”. Por isso, a escola deve apostar em avaliações contínuas, que ainda trazem um feedback muito mais real e preciso das dificuldades do estudante, facilitando assim a sua evolução. Com o ensino remoto, abre-se um grande leque de possibilidades de atividades e exercícios que podem avaliar o desempenho dos alunos.

Uma maneira de avaliar os estudantes no ambiente digital é acompanhando sua participação e engajamento durante as aulas. A realização de exercícios e a participação em atividades como debates e apresentação são uma excelente forma de identificar em tempo real as dificuldades e desafios dos estudantes.

Siga o Sistema Poliedro
nas redes sociais.

O que podemos fazer
pelo seu futuro?

Notícias relacionadas