Not support Recaptcha
Pular navegação

Gestão Escolar

Estratégias para garantir rematrículas em 2021

08 de junho de 2021

Compartilhe

Tags

  • Desafios
  • Gestão Escolar
  • Rematrículas
  • volta as aulas

Manter um número razoável de estudantes matriculados é essencial para o pleno funcionamento de qualquer escola. Já abordamos aqui no blog diversas estratégias para a captação de novos estudantes, mas garantir as rematrículas daqueles que já fazem parte da instituição pode ser ainda mais importante para manter a saúde financeira da escola.

Além de reduzir drasticamente a evasão de alunos, uma estratégia eficiente em motivar pais a renovarem as matrículas de seus filhos pode ser menos custosa do que uma campanha para atrair novas famílias. Porém, esse é um trabalho que deve ser desenvolvido ao longo de todo o ano letivo.

O feedback da comunidade escolar é fundamental para o sucesso de uma estratégia de rematrículas. É preciso estar aberto ao diálogo para que os resultados positivos sejam valorizados e que os negativos sejam revertidos.

Assim, a escola pode realizar as melhorias necessárias para fidelizar mais, aumentando o seu índice de retenção. Uma rematrícula é sinal que o estudante e sua família estão satisfeitos com a educação oferecida.

Analisando o ano anterior

Um dos primeiros passos para estruturar uma estratégia de rematrículas é analisar os dados dos anos anteriores. Os novos estudantes em comparação aos alunos que fizeram a rematrícula são bons indicadores do número de vagas que precisam ser disponibilizadas e turmas que podem ser abertas. Somente com esse levantamento em mãos a escola terá a possibilidade de definir metas para captação e retenção de estudantes.

Um dado que merece uma atenção extra durante esse processo é a taxa de evasão de anos anteriores. Há diversas razões que levam um estudante a deixar uma escola, como uma mudança para outra cidade ou dificuldades financeiras. Entretanto, quando há uma grande saída de alunos ao término de um ano letivo, isso pode significar uma insatisfação das famílias com a escola.

Seja qual for o motivo que leve à evasão do estudante, essa análise de dados permite que a escola investigue as causas de matrículas perdidas, para então encontrar as soluções adequadas para esses problemas.

A importância de investir em diferenciais

Recursos que encantem estudantes e famílias e que tragam melhorias para o processo de ensino-aprendizagem. Novas metodologias, ferramentas digitais e atividades que gerem engajamento são uma ótima forma de fidelizar os estudantes que já fazem parte da sua instituição.

O futuro da educação é investir no Ensino Híbrido e em aprendizagem adaptativa. Esses se tornam um grande diferencial da escola em relação à concorrência, agindo como uma forma de atrair novos estudantes.

É importante que a escola agregue valor aos serviços oferecidos e que divulgue as novidades implementadas ao longo do ano. Vale a pena ficar atento às tendências do mercado e prontos para inovar.

O relacionamento com a família e com a comunidade escolar 

A parceria com a família torna a escola um ambiente agradável, que acolhe toda a comunidade escolar. É importante que os pais e responsáveis tenham canais de comunicação efetivos e sejam envolvidos não apenas quando for preciso resolver algum problema, mas em todos os momentos da rotina escolar.

Ter bom relacionamento com a família é uma das formas mais eficazes de garantir a fidelização dos estudantes matriculados. Para que isso aconteça, é importante a utilização de ferramentas que permitam essa comunicação, como e-mail, WhatsApp, Zoom, agendas digitais, entre outros. Outra maneira de aumentar essa aproximação é criar momentos que envolvam as famílias nas atividades escolares e no projeto pedagógico.

Quando há boa interação em toda a comunidade escolar, há também melhora no nível de satisfação dos pais e de fidelização dos estudantes. Dessa forma, é essencial manter um diálogo aberto, sempre com acolhimento e escuta ativa. Assim, o relacionamento entre a escola e a comunidade se fortalece com uma parceria verdadeira.

Siga o Sistema Poliedro
nas redes sociais.

O que podemos fazer
pelo seu futuro?

Notícias relacionadas