Not support Recaptcha
Pular navegação

Performance

Pesquisas de satisfação: como aplicar na sua escola?

Publicado em 02 de julho de 2024Atualizado em 05 de julho de 2024.

Pesquisas de satisfação

Aplicar pesquisas de satisfação para os alunos e seus familiares é uma das melhores formas de compreender suas expectativas, necessidades e desejos em relação à sua escola, além de fazer com que eles se sintam ouvidos e valorizados. É também uma ferramenta importante de retenção, já que permite que a escola se ajuste para melhorar continuamente a qualidade dos seus serviços.

Entretanto, para que a pesquisa seja realmente eficaz, é importante aplicá-la de forma estratégica. Por isso, o Poliedro Sistema de Ensino reuniu neste artigo algumas dicas práticas para ajudar sua escola a fazer isso da melhor maneira. Continue a leitura!

 

Passo a passo para criar pesquisas de satisfação

1.Defina o que será avaliado e qual o objetivo

Mesmo que a sua pesquisa aborde várias frentes, é crucial ter clareza sobre as informações que você e sua equipe escolar desejam extrair do seu público. Isso garantirá que os dados coletados sejam relevantes e úteis para a tomada de decisões.

Veja a seguir alguns exemplos de áreas a serem avaliadas:

  • Qualidade do ensino

Conteúdo programático, metodologia e eficácia das aulas.

Leia também: A contribuição do material didático para a qualidade do ensino

  • Corpo docente

Competência, empatia e disponibilidade dos professores.

Leia também: Metodologias para avaliar professores

  • Infraestrutura

Condições das salas de aula, laboratórios, áreas de lazer e segurança.

  • Atendimento

Qualidade do atendimento administrativo e suporte oferecido.

  • Soluções educacionais

Materiais didáticos, soluções complementares e recursos tecnológicos utilizados.

Leia também:

 

2. Defina quem será o público-alvo

Escolher o público-alvo com base no que será avaliado permite que a escola colete informações mais assertivas. Por exemplo, os alunos costumam ser o melhor público para avaliar questões sobre a dinâmica das aulas e a infraestrutura da escola, já que vivenciam o dia a dia escolar e podem fornecer feedback valioso sobre a experiência educacional. Já os pais são o melhor público para avaliar o valor da mensalidade, as soluções educacionais adotadas, a qualidade da gestão escolar e o atendimento, já que eles têm uma visão mais ampla e podem avaliar a relação custo-benefício e a comunicação família-escola.

 

3. Elabore as perguntas e crie um questionário

Uma das melhores formas de criar uma pesquisa de satisfação é por meio de um questionário. Veja algumas recomendações:

  • Formato

Utilize perguntas objetivas. Questões de múltipla escolha, escalas de satisfação e respostas abertas (curtas) são boas opções.

  • Quantidade de questões

Mantenha um número razoável de perguntas para não cansar os respondentes. Para isso, foque as informações mais importantes que deseja extrair.

  • Assertividade

As perguntas devem ser diretas. Evite perguntas ambíguas ou que possam ser interpretadas de várias maneiras.

  • Complexidade

Evite perguntas muito complexas. O questionário deve ser fácil de entender e de responder.

 

4. Escolha como e quando o questionário será preenchido

O momento ideal para aplicar a pesquisa de satisfação é quando a escola se aproxima do fim de um período letivo, pois, assim, algumas mudanças podem ser implementadas durante o recesso escolar.

Além disso, o método escolhido e a forma de abordagem para a pesquisa devem ser estratégicos para garantir o maior número possível de respostas. É importante optar por um formato que faça sentido para o contexto da sua escola.

Questionários on-line costumam ser mais práticos e permitem fácil análise dos dados, podendo ser enviados por e-mail, grupos, comunidades e redes sociais. Porém, é difícil garantir que todos respondam no momento de recebimento da pesquisa.

Leia também:

Já os questionários impressos podem ser distribuídos durante reuniões de pais, eventos escolares e até mesmo durante a aula, garantindo que mais pessoas respondam naquele momento. Entretanto, as pesquisas impressas são menos práticas, tanto para quem irá responder quanto para quem irá analisar os dados posteriormente.

O método de NPS

O Net Promoter Score (NPS) é uma metodologia eficaz para medir a satisfação. Consiste em perguntar aos pais e alunos, em uma escala de 0 a 10, quanto eles recomendariam a escola para outras pessoas. As respostas são classificadas em:

  • Promotores (9-10): Altamente satisfeitos.
  • Neutros (7-8): Satisfeitos, mas não entusiastas.
  • Detratores (0-6): Insatisfeitos.

O NPS é assertivo porque fornece uma visão clara da satisfação geral e permite identificar áreas de melhoria. Além disso, é uma métrica simples de entender e aplicar, facilitando a comunicação dos resultados.

 

5. Próximos passos: como avaliar os resultados das pesquisas de satisfação?

Avaliar os resultados das pesquisas é uma das etapas mais importantes. Afinal, sem essa análise, a sua pesquisa seria em vão. Por isso, é essencial que você e sua equipe organizem os dados coletados para iniciar as análises quantitativas (utilizando gráficos e tabelas) e qualitativas (categorizando as respostas abertas para identificar padrões e insights).

Diante de uma representação mais organizada dos dados, defina, então, os planos de ação. Nesse processo, é essencial priorizar melhorias, focando as áreas com maior número de feedbacks negativos e em recuperar a confiança dos pais e alunos delatores.

Durante esse processo, compartilhar os resultados das pesquisas com alunos e familiares é uma prática recomendada, pois demonstra transparência e compromisso. Nesse sentido, é válido criar um momento presencial para que a escola divulgue os dados e as ações que serão tomadas, encorajando a participação de toda a comunidade escolar.

Tendo estabelecido metas claras e mensuráveis, chegou a hora de a escola definir responsáveis, direcionar esforços e monitorar a eficácia das ações implementadas, realizando ajustes sempre que for necessário. Ao final desse ciclo, realize uma nova pesquisa para avaliar os níveis de satisfação após as melhorias. Lembre-se de voltar a este artigo para relembrar as dicas!

 


Medir a satisfação de pais e alunos é uma prática essencial para qualquer instituição de ensino que deseja crescer e melhorar continuamente. E quando o assunto é crescimento, o Poliedro Sistema de Ensino apoia as escolas em todas as etapas da jornada, oferecendo, além de soluções didáticas, suporte e conteúdo para que elas tenham tudo de que precisam para alcançar os melhores resultados.

Quer saber mais? Entre em contato com um de nossos especialistas.

 

Tags

  • Gestão Escolar
  • Performance

Siga o Sistema Poliedro
nas redes sociais.


O que podemos fazer
pelo seu futuro?

Fale com um especialista

Confira outras matérias

Assine nossa newsletter