Not support Recaptcha
Pular navegação

Práticas Pedagógicas

Qual a diferença entre “multidisciplinar” e “interdisciplinar”?

16 de março de 2021

Compartilhe

Tags

  • atividades
  • interdisciplinar
  • multidisciplinar
  • planejamento
  • projetos

Multidisciplinar x Interdisciplinar

Os termos multidisciplinar e interdisciplinar são muito comuns no universo escolar, sendo muitas vezes usados indistintamente. É importante saber as diferenças entre esses dois tipos de atividades curriculares.

Enquanto alguns projetos escolares são criados em conjunto por todo o corpo docente, visando conectar ao máximo o conhecimento dos diferentes componentes curriculares, outros podem abordar um tema único, mas sem criar atividades que demandem uma interdisciplinaridade. 

Os dois conceitos também compartilham uma grande semelhança entre si mesmos. Em ambos os casos, o objetivo é sempre integrar diferentes componentes curriculares com o propósito de produzir novos conhecimentos, tornando a aprendizagem mais significativa para os estudantes.

O que define, então, se um projeto é multidisciplinar ou interdisciplinar? Continue lendo o texto abaixo para entender melhor esses dois termos.

A interdisciplinaridade nos projetos escolares

Em projetos interdisciplinares, os conteúdos de múltiplos componentes curriculares se complementam e se integram para abordar um tema comum. O propósito é criar ligações entre diferentes áreas do conhecimento em uma situação de aprendizagem ativa, na qual o estudante é incentivado a criar soluções para problemas contextualizados. 

Esse tipo de abordagem incentiva a contextualização e a formação integral, e não apenas a construção de conhecimentos limitados a um único componente curricular. Além disso, durante um projeto interdisciplinar, os estudantes desenvolvem habilidades importantes, como a autonomia, a responsabilidade, a comunicação e o trabalho em equipe.

Ao estudar um bioma marinho próximo à costa brasileira, por exemplo, os estudantes poderiam relacionar conhecimentos relacionados à Geografia, à Biologia e à Matemática para entender o risco de extinção dos animais que habitam aquela região.

Dessa forma, a atividade possibilita o diálogo entre as diferentes áreas e seus conceitos, integrando conhecimentos distintos e promovendo a conexão entre eles.

A multidisciplinaridade nos projetos escolares

Enquanto que as atividades interdisciplinares se propõem a integrar diferentes áreas do conhecimento com um objetivo comum, em um projeto multidisciplinar, ainda que haja um tema que norteie todo o planejamento, cada componente curricular traz o conteúdo para dentro do seu contexto. Assim, a multidisciplinaridade resulta em conhecimentos mais amplos e diversificados.

Apesar de não correlacionar tanto os conteúdos dos componentes curriculares como nos projetos interdisciplinares, a multidisciplinaridade transforma o processo de aprendizagem em algo mais prazeroso para os estudantes ao trazer exemplos mais práticos e reais para dentro da sala de aula.

A importância do planejamento

Como em todo tipo de atividade escolar, o planejamento pedagógico é uma etapa muito importante para a introdução de projetos interdisciplinares ou multidisciplinares. 

Dentro desse plano, uma das primeiras ações deve ser a definição do formato do projeto, que pode acontecer através de aulas com metodologias ativas, recursos digitais, gamificação, materiais didáticos, entre outros. É nesse ponto que são definidos temas, propósitos, expectativas de aprendizagem e objetivo final da atividade.

Para isso, é imprescindível que haja um diálogo próximo entre os professores e coordenação durante todo o processo de planejamento, a fim de definir o que será abordado dentro de cada componente e garantir o que está sendo trabalhado está de acordo com o currículo escolar.

Siga o Sistema Poliedro
nas redes sociais.

O que podemos fazer
pelo seu futuro?

Notícias relacionadas